Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

Consepro oficializa doação de viatura a DPPA

Imagem
Órgão também apresentou seu plano para aquisição de 40 câmeras para videomonitoramento
A força coletiva da comunidade regional foi destacada nesta terça-feira (30), durante a entrega de uma caminhonete Ford Ranger à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Bento Gonçalves, como fator de integração da Serra no combate à criminalidade. O ato, conduzido pelo Consepro do município no Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), simbolizou uma conquista não só para as forças policiais, mas também para a região: a união de municípios para oferecer melhores condições de trabalho aos órgãos de segurança. Os quase R$ 120 mil investidos no veículo foram financiados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e pelo Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Bento Gonçalves e, principalmente, pelo Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (Cisga). “A gestação de uma Ranger demora 10 meses”, brincou o presidente do Consepro, Laércio Pompermayer, …

Consepro compartilha otimismo com avanços na obra do novo presídio de Bento Gonçalves

Imagem
Um dos órgãos que trabalharam para que Bento Gonçalves tivesse um novo presídio longe da área central da cidade, o Consepro comemora os avanços na obra da casa prisional, prevista para ser inaugurada em janeiro do próximo ano, na Linha Palmeiro, em São Pedro.
Com a desativação do presídio no Centro, haverá um duplo ganho: mais segurança para os moradores da região e melhores condições para os apenados – hoje, cerca de 300 presos superlotam um espaço projetado para 98 pessoas. “Um presídio em más condições numa área com escolas, hospital, creches, entre outros estabelecimentos, sempre representou um risco. Agora estamos eliminando esse risco. Hoje o novo presídio, que terá capacidade para receber 420 apenados, receberia com folga toda a população carcerária do presídio do Centro. O risco de um motim sempre é menor num presídio com melhores condições”, avalia o presidente do Consepro, Laércio Pompermayer.
Para ele, a localização do presídio não acarretará em afastamento ou redução do f…

Consepro quer instalar 40 câmeras em Bento Gonçalves

Imagem
Custo do projeto, que permite identificação de suspeitos, é de cerca de R$ 240 mil
Depois do trabalho para criar o Centro Integrado de Operações, o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro) de Bento Gonçalves começa agora uma campanha para ampliar o monitoramento eletrônico da cidade – e, assim, oferecer maior sensação de segurança aos cidadãos. A meta é sensibilizar a comunidade para colaborar com a aquisição de 40 câmeras a serem instaladas em pontos previamente mapeados pelas forças policiais. Para que os dispositivos cumpram com eficiência seu propósito, softwares que permitem a identificação de suspeitos pela aproximação de imagens com alto grau de resolutibilidade também estão no pacote. A estimativa é que o custo total do projeto gire em torno de R$ 240 mil.
Para o presidente do Consepro, Laércio Pompermayer, as câmeras funcionam como uma extensão dos trabalhos de policiamento ostensivo na cidade, já que permitem às forças policiais empregar seu efetivo de maneira m…